Serviços financeiros
Open Banking
8 de dezembro de 2023
5 min

Utilizar Open Banking APIs para melhorar os processos empresariais

Trustly

As instituições financeiras estão a evoluir com o resto do mundo e a adotar tecnologias que tornam as empresas mais eficientes e seguras. As APIs são uma dessas inovações fundamentais que estão a levar a banca a novos patamares. Especialmente com o aumento do acesso dos consumidores aos serviços financeiros, as APIs são mais prevalecentes do que nunca. Estas tornam todo o tipo de aplicações e serviços disponíveis para os consumidores e seguros de utilizar. 

Open Banking As API, ou Interfaces de Programação de Aplicações, são interfaces digitais que permitem o intercâmbio automatizado e seguro de dados financeiros entre aplicações de software e instituições financeiras. São regras e protocolos que, em última análise, facilitam o acesso à informação, as transacções e os pagamentos das instituições financeiras. Este artigo irá aprofundar os detalhes das APIs Open Banking e explorar o quão poderosa é esta tecnologia.

O que são as APIs Open Banking ?

Open Banking é uma prática financeira que envolve a concessão de acesso seguro aos dados bancários dos consumidores por parte de fornecedores terceiros através de APIs. Open Banking As APIs desempenham um papel fundamental ao permitirem a ligação sem descontinuidades das contas bancárias dos consumidores a uma vasta gama de serviços financeiros. 

Esta relação recíproca é fundamental; sem as API, os consumidores teriam dificuldade em associar as suas contas a vários serviços e as instituições financeiras não disporiam de meios seguros para partilhar dados relativos às autorizações dos consumidores com aplicações e agregadores. 

Essencialmente, as API Open Banking são o elo tecnológico entre o sector financeiro e os seus consumidores, facilitando a troca segura de dados e promovendo um ecossistema financeiro mais interligado e inovador.

Quais são as vantagens das APIs Open Banking ?

As APIs permitem a troca de dados sem problemas entre sistemas diferentes e transformaram o sector financeiro com inovação, eficiência e acessibilidade. Eis algumas das formas como as empresas, os comerciantes e os seus consumidores beneficiam das APIs Open Banking .

Instituições financeiras

Uma vez que um dos resultados de Open Banking será o aumento da concorrência nos pagamentos e nos serviços financeiros, muitos bancos históricos hesitaram em adotar Open Banking APIs. No entanto, quando as instituições financeiras adoptam parcerias com fintechs como uma oportunidade para explorar novos modelos de negócio, o resultado é uma inovação mais rápida e uma melhor experiência do consumidor. Um exemplo é a parceria da Trustlycom o BNY Mellon, que combina a experiência de longa data do banco no sector bancário com a solução Open Banking Payments da Trustly. 

A colaboração estratégica e a harmonização entre as fintechs e os bancos resultarão em muitas vantagens para as instituições financeiras, incluindo melhores experiências para os clientes, maior receita digital e uma oportunidade de aumentar o valor dos dados financeiros dos consumidores para além das suas soluções proprietárias.  

Prestadores de serviços terceiros e Fintechs 

Open Banking As API ajudam as empresas fintech, tornando-as mais competitivas e escaláveis. Em vez de construir infra-estruturas financeiras a partir do zero, a utilização das API existentes reduz os custos de desenvolvimento, o que significa que as empresas tecnológicas podem oferecer preços mais competitivos e uma maior acessibilidade para os consumidores. 

À medida que a procura de serviços aumenta, as empresas fintech podem facilmente escalar as suas operações integrando API adicionais ou expandindo as suas ofertas de API. As APIs também promovem a inovação nas empresas fintech, fornecendo as ferramentas essenciais para a criatividade contínua. As fintechs podem permanecer na vanguarda dos avanços tecnológicos através da integração de APIs, trazendo rapidamente novas soluções para o mercado.

Comerciantes e consumidores

Alguns dos grandes benefícios das APIs Open Banking para os consumidores são a conveniência, a segurança e as experiências personalizadas. Com serviços bancários móveis, ferramentas de orçamento e várias aplicações, os consumidores podem aceder constantemente aos seus recursos financeiros. Isto significa que a informação em tempo real também está disponível, para coisas como contas de consumidores, transacções e carteiras de investimento ou de acções. 

As APIs também facilitam experiências personalizadas, permitindo que os comerciantes adaptem soluções financeiras para atender às necessidades individuais, seja oferecendo conselhos de investimento personalizados, assistência no orçamento ou outras ferramentas personalizadas. 

Como fornecedor de Open Banking Payments, as APIs de Trustlybeneficiam diretamente os comerciantes, reduzindo significativamente os custos de processamento de pagamentos e eliminando totalmente as taxas de intercâmbio, permitindo que os consumidores paguem facilmente por banco. Além disso, as nossas APIs Open Banking melhoram as taxas de aprovação de pagamentos em comparação com as transacções online de cartão não presente (CNP) através da ligação a contas bancárias permanentes que não expiram e eliminam a necessidade de introdução manual, reduzindo o risco de erro humano na caixa. 

Como é que as APIs Open Banking funcionam?

Na sua essência, as APIs são conectores no mundo digital. Imagine-as como tradutores que permitem que diversas aplicações compreendam e comuniquem entre si. Aqui está uma análise de como as APIs Open Banking funcionam:

  1. Iniciando uma solicitação: Os utilizadores ou aplicações iniciam o processo solicitando um serviço financeiro específico, como verificar o saldo de uma conta ou processar um pagamento.
  2. Chamada de API: O pedido é transmitido à instituição financeira relevante através de uma chamada API, semelhante a um pedido em linguagem normalizada, compreendido tanto pelo requerente como pelo sistema financeiro.
  3. Autenticação e autorização: A API verifica a identidade do requerente através da autenticação e verifica as permissões necessárias para aceder aos dados financeiros solicitados ou efetuar uma transação.
  4. Processamento de dados: Com a autenticação bem sucedida, a API processa o pedido comunicando com os sistemas backend, recuperando os dados necessários ou executando a transação desejada.
  5. Transmissão de dados: A API transmite então os dados processados ou os resultados da transação de volta ao requisitante num formato normalizado para compatibilidade entre diferentes sistemas.
  6. Apresentação ao utilizador ou à aplicação: Os dados recebidos são apresentados ao utilizador ou à aplicação num formato legível ou interpretável por humanos, como a apresentação de informações sobre a conta ou a confirmação de uma transação bem sucedida.

Porque é que as APIs Open Banking são importantes?

Para além dos muitos benefícios que já discutimos, as APIs são cada vez mais essenciais para o funcionamento dos bancos. Embora as agências físicas ainda existam, a banca digital é atualmente o método preferido dos consumidores. Os consumidores não só apreciam a conveniência da banca digital, como também os comerciantes precisam da tecnologia para acompanhar o mercado dinâmico atual. 

Ao tirar partido das APIs de Open Banking através de Fornecedores de Serviços Terceiros como Trustly, os comerciantes podem tirar partido da tomada de decisões baseada em dados e de actualizações em tempo real sobre as tendências financeiras dos seus consumidores, ao mesmo tempo que proporcionam maior segurança, rapidez e facilidade de utilização aos consumidores que fazem compras.

Futuro das Open Banking APIs

Numa indústria tão orientada para o consumidor, a adoção de Open Banking APIs pode ser uma estratégia fundamental para todas as empresas e comerciantes. As APIs tornam-se os canais através dos quais as empresas podem satisfazer as necessidades individuais, promover a inovação e aumentar a satisfação geral do cliente com transacções rápidas e seguras. 

À medida que os organismos governamentais dos Estados Unidos introduzem legislação para facilitar a regulamentação e a adoção generalizada de Open Banking, espera-se uma maior concorrência e mais proteção dos dados dos consumidores. Nos termos da secção 1033 da lei Dodd-Frank, os consumidores podem esperar um maior controlo sobre os seus dados financeiros, incluindo o direito de partilhar informações com terceiros, como Trustly.

O futuro pertence àqueles que conseguem navegar no cenário financeiro, o que é possível com os benefícios da API Open Banking que o Trustly oferece. Saiba mais sobre como aproveitar os dados do Open Banking com nossa tecnologia de API.

Estar a par de tudo

Obtenha informações e actualizações exclusivas sobre tudo o que diz respeito a Open Banking e pagamentos.

Obrigado! A sua candidatura foi recebida!
Ops! Algo correu mal ao submeter o formulário.

Páginas e recursos relevantes

Regulamento
Open Banking
Serviços financeiros
15 de fevereiro de 2024
8 min
Criar um impulso: O caminho para o financiamento aberto através de Open Banking
Pagamentos
Jogos
Open Banking
13 de fevereiro de 2024
3 min
TrustlyO sucesso do Grande Jogo de 2024
Open Banking
Cobradores
6 de fevereiro de 2024
5 min
3 passos para simplificar a inscrição no pagamento automático ACH